quinta-feira, 16 de abril de 2009

GUARDA MUNICIPAL NO CONTEXTO DA SEGURANÇA PÚBLICA

MOMENTO ÚNICO REUNIU VÁRIAS GUARDAS MUNICIPAIS

III CISED 2009, evento promovido pela Fundação Guimarães Rosa (FGR) em parceria com a Federação Mineira de Fundações e Associações de Direito Privado ( FUNDAMIG), reuniu cerca de 300 pessoas de várias cidades mineiras, estiveram presentes representantes das Guardas Municipais, Corpo de Bombeiros, Polícias Civil e Militar,entre outros.
O tema escolhido, “Guarda Municipal no contexto da Segurança Pública”, abriu discussão para vários debates, na abertura o hino nacional foi ouvido, tocado pelo saxofone do militar da banda de música da PMMG. Em Seguida, foram organizadas mesas de discussão com o Secretário Municipal de Segurança Pública de Belo Horizonte, Cel. Genedempsey Bicalho Cruz; o cientista social e Cel. da Polícia Militar, Euro Magalhães; a Coordenadora-Geral Substituta de Ações de Prevenção em Segurança Pública da SENASP (Secretaria Nacional de Segurança Pública), Cátia Simone Gonçalves; e o delegado Geral da Polícia Civil de Minas Gerais, Jésus Trindade Barreto.

O Cel. Bicalho, abriu o evento e contou um pouco de como chegou a Secretaria de Segurança do Município, entre outras coisas, ele disse também sobre criações de leis que organizem melhor o trabalho das guardas municipais no país, “As Guardas Municipais não são instituições permanentes, elas podem ser extintas a critério dos prefeitos a qualquer momento, é preciso que sejam criadas leis que dêem identidade para elas, já que cada município trabalha com a guarda de maneira diferente”, afirmou. Ele falou ainda sobre a dificuldade encontrada pela Guarda Municipal pra desenvolver seu trabalho no município de Belo Horizonte, “As maiores dificuldades são da concorrência de outros setores na produção do que a gente pretende fazer, é muito ruim não ter a gestão plena das atividades”, contou.
No intervalo para o coffee break, foi o momento de interação entre os vários participantes, os guardas municipais se conheceram melhor, foi possível ver a satisfação de todos com o evento. Lá estava presente o Inspetor Maciel, da Guarda Municipal de Varginha (Essa muito elogiada pela Coordenadora do SENASP), Maciel era um dos participantes que mais se interagiam , ele contava a todos sobre o trabalho desenvolvido pela GM, daquela cidade no sul de minas.

Na volta do intervalo, a representante da SENASP, Cátia Gonçalves, falou que o sistema público de segurança no Brasil precisa contar com uma maior participação da sociedade, para que os problemas da área sejam resolvidos. “A população tem que integrar às discussões, dizer o que deve ser feito para melhorar a situação, nesse sentido, a Guarda Municipal colabora por atuar diretamente com os cidadãos, nas ruas, o que os garante uma percepção mais próxima do que acontece nas cidades”, disse. Ela também defende a aplicação efetiva da legislação no país como medida para diminuir a criminalidade. “A gente não precisa de mais leis, o que nós precisamos é que as leis existentes sejam eficazes”, contou.
Segundo a FGR, essas discussões e apontamentos feitos no CISED, servirão de base para a Conferência Nacional, prevista para o segundo semestre deste ano. O Ciclo de Debate terá nova edição no mês de novembro, quando serão abordados outros assuntos referentes à Segurança Pública.

VEJA ABAIXO:

video

Um comentário:

Laurindo disse...

Com a carência na área de segurança pública que o país vive, já passou da hora de se investir numa Guarda Municipal, bem formada, equipada, com poderes totais de polícia, e bem assalariada. Essa força só tende a potencializar a proteção dos direitos individuais e assegurar o pleno exercício da cidadania, como todos nós brasileiros sonhamos.