terça-feira, 16 de dezembro de 2008

GUARDA MUNICIPAL APOIA DEFESA CIVIL EM BELO HORIZONTE

AGENTES REALIZAM UM EXCELENTE TRABALHO

Desde a ultima segunda-feira (15) a chuva constante vem provocando destruição, prejuízos e mortes em Minas Gerais. Mais de 30 cidades já decretaram situação de emergência por causa dos alagamentos. Entre as cidades prejudicadas estão Uberlândia, Belo Horizonte, Conselheiro Lafaiete, Carangola, Muriaé, Mirai e Congonhas.
Na região metropolitana de Belo Horizonte, em apenas três dias, choveu mais que o esperado para todo o mês de dezembro. A defesa civil municipal vem tendo muito trabalho nas mais diversas ocorrências registradas, casos como deslizamento de encostas, muros desabando, infiltrações, inundações, árvores caídas e enchentes são fatos corriqueiros nessa época.
Para o Inspetor da Guarda Municipal (GM), Erick Niemayer, a população deve ficar em alerta pois a previsão e de mais chuvas. Ele recomenda algumas situações que podem ajudar a não causar tragédias “A população deve colaborar e fazer sua parte limpando as calhas, verificando os telhados, não colocar a saída das águas pluviais juntamente com o esgoto, evitando assim o entupimento e transbordamento, aos condutores de veículos recomendasse muita atenção em pistas alagadas, evitar transitar nessas vias e esperar o escoamento da água”, afirma.

O Inspetor Niemayer é o resposável direto pelos 33 Guardas que atuam na defesa civil, são várias funções cumpridas pelos agentes, o trabalho exercido ali e bem diferenciado do desenvolvido pela GM em outros setores, a questão social no exercicio da defesa civil fala mais alto. Esse fator é tão relevante que os homens da Guarda Municipal não usam fardamento da corporação para o atendimento externo, pois segundo dados 90% dos locais visitados são aglomerados.
Trabalhando há aproximadamente seis meses como telefonista da defesa civil o GM De Paiva, fala orgulhoso que o trabalho desenvolvido por todos os agentes é muito importante para a população. Ele reclama dos trotes que são passados e conta o que mais te marcou “Infelizmente temos que conviver com os trotes que atrapalham nosso trabalho, e o que mais me marcou foi quando saí para entregar donativos e presenciei a realidade das pessoas que ligam desesperadas contando que perderam tudo, é uma situação muito triste”, disse.
O coordenador municipal de defesa civil , Coronel Valter de Souza Lucas, só tem elogios para os integrantes da GM. Ele afirmou a nossa reportagem que a dificuldade em ter bons profissionais ali era muito grande já que existiam problemas com contratos de trabalho "Com a chegada da Guarda Municipal muita coisa mudou, hoje não vejo a defesa civil sem a presença desses excelentes profissionais", contou.
O telefone para atendimento de ocorrências da defesa civil no municipio de Belo Horizonte é o 199.

3 comentários:

EVERTON DEFESA CIVIL disse...

PARABENS A TODOS VCS,PELO BELO TRABALHO QUE ESTA SENDO REALIZADO POR TODOS EM PROU DA POPULAÇAO.
ALEM DO TRABALHO REALIZADO,TEM TAMBEM O SOLIDARIEDADE,QUE PARTE DE DENTRO DE CADA UM,
QUE DEUS ILUMINE TODOS NÓS, NESSA CAMINHADA.

Anônimo disse...

SO AGRADEÇO AOS GUARDAS DA DEFESA CIVIL, FORAM EM MINHA CASA ME ORIENTARAM E QUANDO DESCOBRI QUE SÃO GUARDAS, FIQUEI MUITO CONTENTE, POIS FORAM EDUCADOS E ESTREMAMENTE PRESTATIVOS. MAIZA MORADORA BAIRRO SANTA TEREZA

Anônimo disse...

A Argila que edifica o homem está baseda também no apoio ao semelhante.
Parabens a esta importante instituição de Minas Gerais.
Fernando da Cruz Lucas
Teofilândia- Bahia

Teofilândia, 18/01/09